Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos site. Ao visitar nosso portal, você concorda com esse monitoramento e com nossa Política de Privacidade.
Notícias nacionais

  • Geral - Publicada em 25/09/2021

Projeto verão? Brasileiro está mais preocupado com a imunidade do que com a estética

Período de vacinação impulsiona busca por autocuidado e alimentação saudável e 93% da população já se diz impactada, aponta estudo

Leia também:

Livros infantis gratuitos para ler com as crianças na quarentena

Saiba como manter uma alimentação mais saudável no inverno

Ministro Luiz Fux é eleito presidente do STF



Por: Assessoria
25/09/2021

Caminhando para o último trimestre de 2021, o ano se aproxima cada vez mais de seu fim. Para muitos, isso significa uma única coisa: a chegada do verão e a pressão estética para exibir sua melhor forma. No entanto, após um longo período vivendo sob o espectro da COVID-19, uma nova onda de autocuidado atingiu a população, que quer se ver livre de doenças infecciosas através de uma boa imunidade. Segundo pesquisa realizada pelo Datafolha em parceria com a Globo, 93% das pessoas sentem a necessidade de adotar um estilo de vida mais saudável após a pandemia, e isso impacta diretamente em seus hábitos de consumo.

"Com o avanço da vacinação no país, as pessoas estão se sentindo cada vez mais seguras para retomar suas rotinas. No entanto, na hora de montar o prato, as escolhas tem sido bem mais conscientes" afirma o nutricionista Marco Quintarelli. "Tendo em vista que uma alimentação balanceada faz toda a diferença no processo de fortalecimento do organismo e, consequentemente, prevenção de doenças, o brasileiro num geral tem se tornado adepto de uma dieta mais nutritiva" complementa.

Segundo Quintarelli, a busca por peixes, frutas, cereais, legumes e verduras foi impulsionada, o que causa um "boom" dos alimentos orgânicos e de lojas do segmento hortifruti. Além disso, a prática de exercícios físicos, suplementação de vitaminas e exposição ao sol passaram a ser altamente valorizados, vencendo o sedentarismo o qual o brasileiro se encontrava.

"É um novo momento da sociedade, e após tanto tempo de isolamento e medo, seria inevitável que a mentalidade das pessoas mudasse. A saúde está em primeiro lugar, mais ainda do que o fator estético. Por isso, tem-se aplicado a regra do "desembalar menos e descascar mais" e os carrinhos de compras tem se tornado cada vez mais diversos" conclui o especialista, que aponta o equilíbrio como principal dica para seus pacientes.

Arquivos para download:



Comentários Comente essa notícia