Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos site. Ao visitar nosso portal, você concorda com esse monitoramento e com nossa Política de Privacidade.
Panorama

  • Trigo - Publicada em 31/07/2021

Valores do trigo seguem firmes e agentes se atentam ao desenvolvimento da safra

Agentes têm acompanhado o desenvolvimento da temporada atual, visto que as geadas do último fim de semana podem afetar parte das lavouras

Leia também:

Trigo segregado traz liquidez e remuneração distinta

Plantio de trigo no PR atinge 35% da área, diz Deral

Conab vê importação recorde de trigo pelo Brasil em 2020



Por: CEPEA - Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada Departamento de Economia, Administração e Sociologia ESALQ - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz USP - Universidade de São Paulo
31/07/2021

Os preços do trigo continuam firmes no Brasil, mesmo com a menor liquidez – operadores consultados pelo Cepea apontam que a baixa disponibilidade nacional do grão afeta o interesse por novos negócios. Além disso, esses agentes têm acompanhado o desenvolvimento da temporada atual, visto que as geadas do último fim de semana podem afetar parte das lavouras. Entretanto, as estimativas ainda sinalizam safra maior no Brasil e no mundo. Dados divulgados pelo USDA na semana passada até reduziram a estimativa de produção mundial da safra 2021/22 para 792,39 milhões de toneladas, todavia, a previsão continua 2,1% superior à temporada 2020/21. Para o Brasil, a expectativa do USDA é de que a produção seja 10,4% maior que a da safra 2020/21, atingindo 6,9 milhões de toneladas. Quanto aos derivados, as negociações estão aquecidas no mercado doméstico de farelo de trigo, devido à maior demanda das indústrias de ração, o que resultou em leve alta de preços nos últimos dias. Já no mercado de farinhas, a procura segue estável.

Arquivos para download:



Comentários Comente essa notícia